-- Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? (Números 23:19) --

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Jesus Chama os Necessitados

Bom dia meus irmãos, irmãs. A Paz do Senhor.
Pai, hoje agradecemos por tudo quanto tens feito em nossas vidas, Pai. Que esta palavra venha como cura e libertação para todos aqueles que nela crerem. Pai, eu te peço, em nome de Jesus, toque cada uma das pessoas que a ler, Pai.
AMÉM!

E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na recebedoria um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.
E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos.
E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores?
Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes.
Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento. 

Mateus 9:9-13
E tornou a sair para o mar, e toda a multidão ia ter com ele, e ele os ensinava.E, passando, viu Levi, filho de Alfeu, sentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me. E, levantando-se, o seguiu.E aconteceu que, estando sentado à mesa em casa deste, também estavam sentados à mesa com Jesus e seus discípulos muitos publicanos e pecadores; porque eram muitos, e o tinham seguido.E os escribas e fariseus, vendo-o comer com os publicanos e pecadores, disseram aos seus discípulos: Por que come e bebe ele com os publicanos e pecadores?E Jesus, tendo ouvido isto, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento.
Marcos 2:13-17
E, depois disto, saiu, e viu um publicano, chamado Levi, assentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me.E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu.E fez-lhe Levi um grande banquete em sua casa; e havia ali uma multidão de publicanos e outros que estavam com eles à mesa.E os escribas deles, e os fariseus, murmuravam contra os seus discípulos, dizendo: Por que comeis e bebeis com publicanos e pecadores?E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos;Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento.
Lucas 5:27-32
Vamos conhecer um pouco mais sobre esta palavra que mostra como Cristo era cheio de humildade em seu coração e como Ele demonstrou isso.
Diante destas três passagens, podemos perceber que Ele estava (para os fariseus e mestres da lei) indo contra o Salmo 1, que diz:
Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Salmos 1:1
 Bem, voltando... Jesus estava ali, assentado diante dos pecadores e publicanos, quando eis que ouve alguém murmurando acerca da situação e diz: "NÃO VIM CHAMAR OS JUSTOS, MAS, SIM OS PECADORES AO ARREPENDIMENTO."
Então, meus irmãos, onde nos colocamos diante destas palavras?
Como aqueles que julgam a Cristo por Ele estar ali, assentado diante dos pecadores, que nada tem ou como os pecadores que são chamados ao arrependimento?

Sejamos justos e humildes com nós mesmos. A bíblia conta que Cafarnaum, foi a cidade com mais presença de Cristo, a cidade onde Ele permaneceu por mais tempo, fora chamada e conhecida então como "Cidade de Jesus". Mas, entretanto, fora a cidade que menos seguidores Cristo fez.
Foi então que o Senhor exclamou sua indignação sobre a cidade:
E tu, Cafarnaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.
Mateus 11:23
 Hoje, porém, Cafarnaum é um campo de entulhos, chamado Tel Hum.


Quanto a posição de Mateus até o momento do chamado por Cristo para que o siga, era a de cobrador, como está na Palavra, "...sentado na coletoria", da cidade de Cafarnaum, era visto como um judeu que trabalhava para o império de Roma e, sem sombra de dúvida, era odiado por (senão toda) boa parte da sociedade por causa de seu trabalho ganancioso que, além de tudo, era considerado impuro diante dos religiosos judaicos.
Ele era citado dentro do grupo dos impuros, ímpios e por vezes, foi tido como "amaldiçoado" como os gentios.
Não! Mas essa ralé que nada entende da lei é maldita.
João 7:49
 Mas, Jesus então, viu algo em Mateus (Levi), um autor deste Evangelho e discípulo. Na época, essa expressão (em aramaico akolutheo - Segue-me!), era uma expressão honrosa e só os dignos eram "presenteados" com ela.
Mateus, quando ouve de Jesus o "segue-me", sem pensar, deixa tudo e vai segui-lo, reescrevendo uma nova história em sua vida.
E, depois disto, saiu, e viu um publicano, chamado Levi, assentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me.E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu.
Lucas 5:27-28
 Então, Mateus (Levi), oferece um banquete a Jesus, neste (banquete) estava também seus amigos pecadores e publicanos.
E fez-lhe Levi um grande banquete em sua casa; e havia ali uma multidão de publicanos e outros que estavam com eles à mesa.
Lucas 5:29
No Oriente Médio, naquela época, quando alguém era convidado para cear, estar em sua casa contigo, era uma grande demonstração de amizade e intimidade e por isso recebia o nome de: "Comunhão de Mesa". Isso foi o suficiente para provocar a ira de um grupo de "HASSÏDÏNS" (do hebráico - Leais a Deus), eram os sacerdotes e doutores da Lei e, eram temidos por seu rigor e poder que havia na política.

Como vimos, Jesus, foi anunciado por estes "mestres" da lei como "Amigo de Publicanos e Pecadores". Quem falou isso, queria (no mínimo) ofendê-lo, mas, Jesus não ouviu, não absorveu aquilo como uma ofensa. Irmãos, vejam bem, ELE NÃO É AMIGO DO PECADO! MAS, É AMIGO DOS PECADORES.
Na mente, nas ideias destes mestres da lei, Jesus, sendo amigo destes pecadores, publicanos, era tido como uma afronta ao Salmo 1 (como foi citado) E MAIS, para eles, isso era como se Jesus, aprovasse os feitos destes, como se Jesus fosse a favor das obras do pecado.
Ninguém aceitava, irmãos, NINGUÉM ACEITAVA OS PECADORES nas sinagogas e lugares santos, pois para eles, aquilo seria como corromper o lugar, como desviar quem estivesse lá. Então, até que Jesus chegou a eles e chamou-os para o arrependimento, eles ouviam uma pregação sem graça, sem fé, uma pregação sem saída, colocando-os cada vez mais no fundo.
Mas, eis que surge Jesus, assenta-se junto deles e os chama para o arrependimento, então, Jesus, por seu amor, livrou uma mulher adúltera de ser apedrejada, mas, antes que ela partisse, Ele lhe disse: "não pequeis mais!"
E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.
João 8:10-11
 Então, ele livrou-a da morte, mas além de tudo, livrou-a do adultério e mostrou que isso é errado.
Quando Zaqueu resolveu que iria devolver tudo o que havia roubado, Jesus disse a ele que a salvação havia entrado em sua casa e a resposta disto, foi a mudança de vida, de Zaqueu, pois, não tinha como servir a Deus e continuar roubando os demais, assim também, como no caso da adúltera, não havia como servir e amar a Jesus e continuar adulterando.

Para finalizar meus irmãos, tenho a vocês uma palavra final:
Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro.
Gálatas 4:7
Por isso meus irmãos, não andem por falsos caminhos, não julguem, meus irmãos, as pessoas pelo passado, por quem foi. Somos todos pecadores, mas, Jesus nos ama, assim como Deus, nos amou primeiro, também.
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
João 3:16
Fiquem na paz, que Deus abençoe sua vida.
Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, caso queira.
Obrigado.